• Tratamento contra Cupins (de madeira seca, de solo e brocas).
  • Tratamento contra insetos rasteiros (barata,pulga,formiga,escorpião etc).
  • Tratamento contra insetos voadores (mosca,mosquito etc).
  • Tratemento contra animais roedores.
  • Tratamento contra pombos.
  • Lavagem de Caixa D'Água.

ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS:

CUPINS

  • Processo de pulverização eliminação;
  • Processo de produto injetável eliminação;
  • Processo barreira química;
  • Processo pulverização prevençao;
  • Processo aplicação localizada;
  • Utilização de sorvente orgânico com diluente nas áreas necessárias;
  • Polvilhamento de conduítes com inseticida em pó;

INSETOS RASTEIROS

  • Processo de pulverização utilanzo inseticida especialmente formulado; normal desodorizado, desodorizado pó solúvel etc;
  • Utilização de inseticidas (desalojante, impacto (choque), residual e microencapsulado;
  • Processo a base de gel ou massa.

INSETOS VOADORES

  • Processo de nebulização utilizando inceticida especialmente formulado; normal ou desodorizado, aplicação de produto inibidor de crescimento e outros.
  • Utilização de inseticidas com poder residual e de alto impacto. Monitoramento em cronograma.

ROEDORES

  • Identificação de espécie e aplicação do processo adequado;
  • Processos diferenciados para, rato preto, ratazana, e camundongo;
  • Aplicação de isca parafinada e granulada;
  • Colocação de armadilhas contendo veneno de contato.

ÁCAROS

  • Eliminação de ácaros bem como germes e fungos que provocam alergias e problemas respiratórios.

POMBOS E MORCEGOS

  • Executamos serviços para expulsão de pombos e morcegos afugentando-os e combatendo seus piolhos e carrapatos, estes se encaixam dentre os insetos rasteiros.
  • Levantamento no local detectando os problemas que influem ou possam influenciar na re-infestação do local.
  • Certificado de garantia dos produtos.
  • Iinformações de forma de atuação do produto a ser empregado.
  • Suporte com informações técnicas e toxicológicas.

LIMPEZA DE CAIXAS D'ÁGUA

A higienização correta das caixas d'água dos condomínios garante a qualidade da água consumida pelos moradores, e conseqüentemente, a preservação de sua saúde. Infelizmente, esse procedimento que deveria ser realizado de seis em seis meses não é uma constante em todos os edifícios.

A água é uma das fontes essenciais para conservar a saúde de sua família.

Mas para que isso aconteça, uma das medidas necessárias é a limpeza da caixa d'água de sua casa a cada seis meses para retirar resíduos que ficam depositados no fundo da caixa.

Esses resíduos são responsáveis por diarréia, verminoses, hepatite e dengue, principalmente se insetos ou outros animais entraram em contato com a água através de alguma abertura.

Todos os nossos serviços são executados por funcionários altamente treinados com técnicas modernas, garantindo um padrão de qualidade com um custo competitivo, visando segurança e seguindo sempre as normas ambientais na prestação de nossos serviços.

Limpar caixas d’água e reservatórios a cada seis meses, no mínimo, é uma obrigação tanto para estabelecimentos comerciais e industriais, quanto para residências e condomínios. Com esta medida, é possível evitar o acúmulo de lodo no fundo e nas laterais da caixa e manter a água sempre em boas condições de uso. Os serviços de vigilância sanitária dos municípios realizam a fiscalização periódica para verificar o estado de limpeza dos reservatórios.

Riscos - Além da limpeza periódica das caixas d’água, é necessário mantê-las sempre tampadas. Um reservatório aberto pode se tornar criadouro do mosquito da dengue (Aedes aegypti) e atrair insetos e outros animais. Com estes dois cuidados básicos, a pessoa pode garantir a boa qualidade da água consumida pela sua família e evitar a propagação de doenças.

Segundo o veterinário João Francisco Colombo, do Departamento de Vigilância à Saúde de Santo André, a limpeza a cada seis meses é fundamental. “O excesso de lodo deixa a água suja e pode causar distúrbios gastro-intestinais. Com a periodicidade de seis meses, o problema é evitado”.

Os pombos também são uma fonte de possíveis contaminações, devido ao hábito de rondar telhados, onde geralmente ficam as caixas d’água. “Os dejetos dos pombos têm fungos e bactérias, e podem contaminar a água. Isto pode causar diversas doenças, como a salmonela, por exemplo”, disse Colombo.

 




Ou entre em contato pelo WhatsApp:
(11) 94741-6829




Cadastre-se para receber informações sobre novidades no setor e ou tirar dúvidas.

Email:








Contato | Britanic | britanicdedetizadora.com.br | [email protected] | 11 5031.5568